Geneta | Tudo Sobre o Animal | Viverridae | Resumo

geneta

A geneta (Genetta genetta) é um animal carnívoro da classe viverridae. A seguir, tudo sobre esses pequenos animais em um resumo completo.

Características da geneta

A geneta mede cerca de 55 cm de comprimento, tem cerca de 40 cm de cauda, e sua altura, na espádua, vai de 15 a 20 cm. O corpo alongado é suportado por membros curtos, munidos de garras retráteis. A cabeça é triangular, o focinho pontudo, a orelhas grandes, salientes e arredondadas. A pupila, em forma de amêndoa, contrai-se como a dos gatos. A luz solar, reduz-se a uma simples fenda. A secreção da bolsa odorífera é menos abundante que a da civeta e seu odor menos penetrante.

A cor de base da pelagem, amarelo-acinzentada, é salpicada de manchas negras que formam faixas longitudinais no dorso e nos flancos. A garganta e a região ventral do pescoço exibem coloração cinza-clara. O focinho, castanho-escuro, é manchado de branco. A cauda apresenta-se circundada por sete ou oito anéis.

Habitat da geneta

Este pequeno animal, esperto e gracioso; vive na África setentrional, na Ásia Menor, na Península Ibérica e no sul da França. Seu nome é aliás meridional, pois vem do espanhol “gineta”, que designa uma planta da família das Leguminosas.

geneta-comum

 

A geneta vive tanto nas florestas como nas regiões áridas onde cresce a planta que lhe deu o nome. Os lugares úmidos situados nas proximidades das nascentes e dos riachos, as regiões arborizadas e as encostas mais abruptas constituem seu habitat predileto. A cor da pelagem confunde-se com a do terreno e este animal rapidamente se põe em segurança no meio das rochas com graça ágil e destra.

Comportamento

É depois do pôr-do-sol que a geneta sai para caçar. Grande destruidora de pequenos roedores, aves, ovos e insetos, aprecia também peixes e pitus. Se, na África, parece não temer a presença do homem e é frequentemente encontrada nos arredores dos povoados nativos, na Europa a geneta tomou-se muito desconfiada e nunca se aproxima dos lugares habitados nem se arrisca jamais a penetrar nos galinheiros.

filhote-de-geneta

Por outro lado sua utilidade é inegável, dada a destruição de ratos e camundongos que constituem a base de sua alimentação. Muito ágil, a geneta sabe, melhor que qualquer outro mamífero, insinuar-se nos lugares mais estreitos. E mais rápida na corrida que a marta. Para atacar, rasteja silenciosamente sobre a superfície do solo, estendendo o corpo e a cauda em linha reta e esticando o máximo possível os pequenos membros.

Bruscamente, dá um salto impressionante, cai sobre a presa com uma segurança infalível, mata-a e, depois de exprimir sua satisfação com uma espécie de murmúrio, devora-a. Chega mesmo a comer o pelo eriçado de sua vítima.

Curiosidades sobre a geneta

A geneta é boa escansora, mostrando-se também muito à vontade na água. Em geral solitária, abriga-se nas lapas ou grutas, em árvores ocas ou em tocas abandonadas por outros animais. Os casais só se formam na época da reprodução. Dá à luz duas vezes por ano, na primavera e no outono, com duas ou três crias em cada ninhada.

Geneta – Animal da classe dos viverridae

Continue aprendendo sobre CIÊNCIAS RESUMOS

Gostou desse artigo sobre a geneta? Compartilhe!