Ocapi – Características, o que come, curiosidades – Tudo sobre o ocapi

ocapi

O ocapi, junto à girafa, é um representante do gênero giraffídae. Nesse artigo você aprenderá as curiosidadestudo sobre o ocapi em um resumo completo.

Origem

Até o fim do século XIX as florestas impenetráveis do Congo conseguiram ocultar dos olhos dos naturalistas europeus um mamífero, tão grande como um cavalo, que os pigmeus caçavam desde tempos imemoriais para se alimentarem, e do qual não se pode nem mesmo dizer que era raro.

Este animal é o ocapi (Okapia johnstoni), o segundo representante vivo da família dos Girafídeos. A girafa é conhecida desde a antiguidade, e talvez isso se deva ao fato de o animal viver em bandos na savana. Mas o ocapi leva uma vida solitária na floresta virgem, possivelmente o melhor e mais fácil lugar para se permanecer escondido.

Foi graças a um inglês. Sir Harry Johnston, e às boas relações que ele mantinha com os pigmeus, que se veio a conhecer o ocapi em 1900. A floresta virgem equatorial é sem dúvida alguma um lugar bem pouco frequentado pelo homem branco, o que, no século XIX, era mais raro ainda.

Na vasta floresta africana, o ocapi vive em contato com o elefante, o bongo e os cefalofos. Seus inimigos principais são o homem e, pelo menos para os filhotes, a pantera.

Características do ocapi

Este animal pode atingir 2 m de comprimento, a que se acrescentam mais 40 cm de cauda, e sua altura no garrote é de 1.50 m, ou seja, metade da altura da girafa.

O pescoço, embora alongado, não pode ser comparado com o da girafa sendo, entretanto, inegável o parentesco entre os dois gêneros. O corpo é curto, mais alto no garrote que na garupa, e os membros apresentam-se longos. A cabeça fina e alongada parece-se muito com a da girafa.

Como ela, o ocapi ostenta (mas apenas o macho) dois cornos ósseos recobertos na base por pele pilosa, os quais terminam, na extremidade, em dois pequenos estojos de tecido córneo, que são caducos, como ocorre entre os Artilocaprídeos.

As orelhas mostram-se grandes, sendo também muito característica a língua, que se revela longa, cilíndrica, muito móvel e protátil em grande parte de seu comprimento.

Curiosidades do ocapi

Deve-se esclarecer, por fim, que o ocapi, como a girafa, ginga ao caminhar. O pelo, curto, raso, brilhante e de um colorido bruno-negro tirante a castanho, exibe uma grande mancha branca nas bochechas e um zebrado branco transversal nas pernas e nas coxas. Polainas brancas ornam a base das pernas do animal.

ocapi-curiosidades

Esta vestimenta escura, com suas manchas e listras brancas, constitui excelente camuflagem na floresta virgem, onde reina uma penumbra constante, atravessada por brilhantes raios de luz.

Sua língua é enorme, com cerca de 30 centímetros de comprimento e coloração azulada. É utilizada para retirar detritos da floresta em sua pelagem ou alcançar frutas nas árvores.

Comportamento

O ocapi é um animal excessivamente tímido, que se esconde no mais fundo da floresta, circulando na vegetação inextricável por meio de trilhas sinuosas e bem conservadas. Vive sozinho ou aos casais, às vezes em pequenos grupos familiais, jamais em rebanhos.

Além de ser um animal tímido, é desconfiado e, como a girafa, é praticamente mudo e por conseguinte silencioso

Alimentação

Seu alimento compõe-se de folhas, frutos e de brotos de diferentes vegetais, que colhe com o auxílio de sua língua enorme.

Reprodução

A fêmea tem, de cada vez e após uma gestação de uns 14 meses, um filhote que nasce entre agosto e outubro. Medindo 80 cm no garrote, pesa uns 15 kg e começa a mamar entre 6 e 12 horas após seu nascimento.

E neste momento que as afinidades entre o ocapi e a girafa são mais visíveis. Os membros anteriores são muito alongados, o pescoço parece proporcionalmente mais longo e a garupa é bem baixa. Estes caracteres se esvaem durante o crescimento.

Gostou desse resumo sobre o ocapi? Compartilhe!