Mungo | Curiosidades Sobre o Mangusto Listrado | Resumo

mungo

O Mungo (Mungus mungo), às vezes chamado de mangusto-listrado, é o mais bonito e o mais característico dos Viverrídeos. A seguir você irá aprender tudo sobre esse pequeno animal, suas características e curiosidades em um resumo completo.

Características do mungo

Seu corpo mede mais de 40 cm de comprimento e a cauda 20 cm. A pelagem é muito densa, de coloração geral cinzento-arruivada, mas cada pelo exibe, individualmente, anéis brancos, negros ou ruivos. Como a disposição desses pelos varia, o resultado é uma aparência rajada, como se o animal tivesse listras transversais mais claras e mais escuras, irregularmente distribuídas.

Comportamento

O mungo só caça durante o dia. Como uma serpente, desliza silencioso por entre as pedras e devora, indiferentemente, todos os pequenos Mamíferos que captura, como aves, anfíbios e insetos. Também não desdenha ovos e frutos.

Os mungos têm o hábito de invadir e ocupar cupinzeiros abandonados, onde estabelecem seus ninhos e de onde saem para caçar, percorrendo as estepes cobertas de vegetação herbácea. De vez em quando, um deles interrompe sua marcha saltitante e, apoiando-se nas patas posteriores, observa os arredores. Então, todo o bando estaca e o imita, como se obedecesse a uma voz de comando.

mangusto-listrado

Gostam do sol, a cujos raios se expõem sempre que podem. Sua voz consiste numa série de trilados e murmúrios de mistura com silvos e seguidos de sons mais roucos, que lembram o latido de um cão. São animais destemidos. Ao se defrontarem com o homem não fogem e observam-no com evidente curiosidade.

Alimentação do mungo

Esses Viverrídeos são onívoros no sentido mais amplo do termo. Comem de tudo, tanto em estado silvestre como em cativeiro. É frequente vê-los partir conchas de caramujos e cascas de ovos, que eles seguram com as mãos e atiram com violência contra uma pedra ou outro objeto duro.

Habitat

Na África ocidental encontram-se mungos nas aldeias, nas missões religiosas e até mesmo nas embarcações fluviais. Gozam de total liberdade. Como o gato-caseiro, o mungo prende-se menos ao homem que à sua habitação, seu jardim e seu quintal. Entretanto, chega a manifestar afeição para com ele, aconchegando-se em seus braços e buscando suas carícias.

Continue aprendendo sobre CIÊNCIAS RESUMOS

Gostou desse artigo sobre o mungo? Compartilhe!