Lhama | Curiosidades do Animal | Onde vive | Resumo | Lhama cuspindo

lhama

O lhama (Lama glama), forma doméstica do guanaco, é sobretudo difundido no Peru, onde progride mais facilmente do que nos outros platôs altos da América do Sul. Acompanhando um rebanho, não é difícil observar uma lhama cuspindo.Veja essa e outras curiosidades nesse resumo!

Características do lhama

Semelhante a alpaca (outro animal peruano), a lhama possui uma corpulência um pouco maior que a do guanaco, diferencia-se deste outro mamífero pela forma do crânio, pela das orelhas, cuja ponta é encurvada para dentro, e pelas calosidades dos membros e do peito. Mede 1,20 in no garrote e pesa 140 kg.

A cor da pelagem mostra-se muito variável, sendo a coloração mais típica a castanho-vermelha; alguns indivíduos, entretanto, apresentam-se brancos, ao passo que outros são pretos, manchados, mosqueados, etc.

Curiosidades do lhama

No Peru, onde se contam cerca de 600.000 indivíduos, os lhamas são criados principalmente devido à sua lã e sua carne. Só os lhamas machos são utilizados como animais de carga, deixando-se as fêmeas apenas para a reprodução.

Em comboio, os lhamas caminham um atrás do outro, perfeitamente disciplinados- e guiados pelo chefe, que se distingue por um cabresto elegante, uma sineta ou pompons nas orelhas.

curiosidades-sobre-as-lhamas

Os lhamas podem carregar 50 kg de carga cada um e caminhar 2 ou 3 semanas a fio, à razão de 40 km por dia. Percorrem desse modo os cimos elevados e as escarpas das cordilheiras, utilizando trilhas impraticáveis para cavalos e até mesmo para mulas.

Mostram-se tão dóceis que seus donos não precisam de aguilhadas nem de chicotes para fazê-los caminhar. Em geral a carga é fixada diretamente sobre o pelo espesso, sem arreio, por meio de cordas de lã trançada, sem qualquer outro suporte; por vezes a carga é presa a um tecido estendido sobre o dorso do animal.

A carne do lhama é considerada como uma iguaria, sendo a dos indivíduos de menos de um ano verdadeiro regalo para os índios. Com a lã fabricam-se tecidos ásperos e cordas baratas. Atualmente o lhama é um dos hóspedes mais comuns dos jardins zoológicos.

Lhama cuspindo

Acompanhando um rebanho, não é difícil observar uma lhama cuspindo. Por ser um animal que se irrita facilmente, os lhamas têm o costume de demonstrar que são os dominantes do pedaço. Para isso, cospem na cara dos outros animais ou mesmo de seres humanos, com o objetivo de impeli-los.  Quando vemos a lhama cuspindo na cara de outro lhama, o objetivo é impor a ordem no grupo.

lhama-cuspindo
Lhama cuspindo

A saliva utilizada na cusparada pode ter origem do estômago o animal (mais mal cheiroso e, portanto, com maior poder de repulsão) ou mesmo de suas glândulas salivares presentes na boca.

Comportamento do animal

Os lhamas marcham com uma tranquilidade e ligeireza surpreendentes, como se levassem a carga por brincadeira. De quando em quando param para pastar ao longo do caminho e, se acontece dispersarem-se um pouco, logo se alinham de novo ao primeiro chamado do guia.

Tratados com carinho, os lhamas são dóceis e obedientes; mas com brutalidade, tomam-se teimosos e maus. Até parece que eles foram criados especialmente para os índios que, pacientes ao extremo e desprendidos, souberam encontrar o meio de tomar dóceis e serviçais esses animais, de natural teimosos e caprichosos.

Mas tome cuidado para não provocá-los: não gostará de ter uma lhama cuspindo em você.

Continue aprendendo sobre CIÊNCIAS RESUMOS

Gostou desse artigo sobre a lhama, animal peruano? Compartilhe!