Gnu, Animal Africano | Acasalamento dos Gnus | Resumo

gnu é um animal bovídeo. São bichos curiosos, que lembram ao mesmo tempo o cavalo, o antílope e o boi. Do cavalo têm a estrutura geral e a crina, do antílope possuem as pernas finas de pés forcados, e, do boi, a cabeça e os cornos. Seu próprio comportamento revela um temperamento composto. Vivem em rebanhos nas grandes planícies da África meridional.

Dimensões do gnu

Os gnus medem de 1,50 a 2 m de comprimento, a que se acrescentam de 40 a 50 cm de cauda. Sua altura no garrote pode atingir 1,30 m, pesando os machos adultos entre 230 e 275 kg.

Características do animal

De membros finos, têm corpo atarracado, muito mais alto na espádua que na garupa. A cabeça é aproximadamente retangular e o focinho longo como o dos Bovinos.

As orelhas dos gnus apresentam-se de tamanho médio e pontudas. Os cornos – comuns aos dois sexos – são implantados sobre a protuberância mediana do osso frontal. Grandes, rugosos e achatados, não são anelados, o que constitui caráter excepcional entre os antílopes.

Divergentes a partir de sua base comum, sobem -em forma de parênteses. Sua cauda é dotada de um longo tufo de pelos como a do cavalo e uma abundante crina guarnece-lhe o pescoço e uma parte do dorso. As glândulas odoríferas lacrimais são substituídas por excrescências glandulares.

tudo-sobre-o-animal-gnu

Como em todos os grandes antílopes, os cascos dos gnus são pontudos e fendidos (bífidos). A cor dominante de sua pelagem é um belo cinza-ardósia, bastante escuro, sobre o qual se destacam com nitidez raias transversais claras. Sua crina é bruno-negra.

Habitat natural

Vive na parte leste e sul da África, do Quênia e de Tanganica até o Cabo. Os gnus formam grupos de 5 a 15 indivíduos que se reúnem às vezes em rebanhos mais numerosos, podendo chegar a 100 animais ou mais. Esses grandes rebanhos fazem deslocamentos consideráveis, que por vezes parecem verdadeiras emigrações, em busca da erva tenra que brota após as chuvas.

Ao passo que os pequenos grupos são conduzidos por um único macho, os grandes rebanhos parecem incluir vários machos dominantes. Assim que atingem uma determinada idade, os velhos machos são afastados do rebanho pelos mais jovens, formando então pequenos bandos ou levando uma vida solitária, quando se tornam presas fáceis para os predadores.

Comportamento do gnu

Os gnus são animais muito móveis, vivos e ágeis, que dão vida e movimento às imensas extensões onde habitam. Quando alguma coisa os inquieta, como o cheiro do leão que percebem de muito longe, entregam-se a estranhas pantomimas, levantando a cauda, erguendo a cabeça, tomando atitudes ameaçadoras, raspando o solo com o casco, esgravatando a terra com os cornos, etc.

Mas tão logo passa o sinal de alerta, porque o vento mudou, por exemplo, eles recobram a calma e põem-se de novo a pastar. O gnu é um animal curioso que se aproxima de tudo que o intriga sem despertar sua desconfiança, como é o caso do homem.

Bastante sociável, este animal é encontrado muitas vezes em companhia de zebras ou de antílopes de outras espécies às quais se apega facilmente. Entretanto, quando combate, mesmo que seja contra o leão, que é o seu mais temível inimigo mas que não o ataca sozinho, dá provas – tanto o macho como a fêmea – de uma coragem enorme.

gnu-animal

Em casos assim solta um mugido que lembra o do boi. Como a maioria dos Ruminantes africanos, os gnus pastam de manhã e à tarde, repousando durante o dia, à sombra das árvores, na atitude característica dos bois. Alimentam-se de ervas e de mato variado.

Acasalamento dos gnus

A época do cio ocorre mais ou menos em junho. Após a gestação de 8 a 9 meses, a fêmea, dá à luz um único filhote, que nasce bem desenvolvido e que, alguns dias depois, já é capaz de seguir a mãe por toda a parte. O filhote gnu é aleitado por esta durante 7 ou 8 meses ele começa, entretanto, a mordiscar a erva a partir da segunda semana.

A mãe vela por ele com solicitude e o protege contra todos os perigos, ainda que, para isso, tenha de se expor à morte certa. As fêmeas são dotadas de 4 mamas. Antes de completarem seu segundo ano, elas já podem cruzar. A duração de vida é de cerca de ló anos.

Gnu, Animal protegido por lei anti-caça

Infelizmente, os gnus geralmente são caçados por nativos conta de sua carne. A pele, uma vez curtida, dá um couro de boa qualidade.

Com os chifres fabricam-se cabos para facas e, com os longos pelos sedosos da cauda, fazem-se caça-moscas que, na África e no Oriente, são considerados um símbolo de posição social. Entretanto, os gnus, que sempre foram caçados encarniçadamente, estão atualmente protegidos por lei.

Gnu protegendo seu filhote

Continue aprendendo sobre CIÊNCIAS RESUMOS

Gostou desse resumo? Compartilhe!