Gauro | Características, Tamanho, Peso | Bisão Indiano | Resumo

gauro

O gauro (também conhecido como bisão indiano), bovino do gênero bos, é um mamífero de grande porte que têm papel fundamental na economia humana.

Características do gauro

Os gauros macho e fêmea têm chifres. Seus ossos parietais são tão reduzidos que os frontais alcançam o occipúcio, separado da fronte apenas por uma espécie de crista óssea na base dos cornos. Examinaremos agora sucessivamente o puro (Bos gaurus), o bantengue (Bus banteng), o iaque (Bus grunniens), o zebu (Bus ludicus) e o boi-doméstico (Bus taunis).

O gauro ou boi-da-mata (Bus gaunis) é um boi selvagem asiático que habita as florestas do Nepal, da índia, da antiga Indochina e de Malaca.

O gaial (Bus frontalis) é considerado, por muitos naturalistas, uma variedade doméstica do gauro, embora a forma de sua cabeça e de seus cornos seja diferente e tenha dimensões mais reduzidas: os maiores machos não passam de 1,60 m no garrote e seu peso raramente atinge 500 kg. O gaial, segundo parece, não existe em estado selvagem

Diferenças entre o gauro e o boi doméstico

O gauro tem cabeça mais curta que a do boi-doméstico, fronte muito ampla, e o seu focinho, que se alarga na extremidade, é menor que o do búfalo e o do boi-doméstico. O pescoço mostra-se curto e possante, o corpo robusto e o peito largo. A parte traseira é muito mais estreita e nitidamente mais baixa que a anterior, que descai ligeiramente a partir da giba do garrote ou protuberância dorsal.

gauro-bisão-indiano

Chifres

Os cornos, muito grandes na base e muito pontudos nas extremidades, apresentam-se inseridos lateralmente sobre o osso frontal, sendo encurvados para trás e para cima. O corpo é coberto de pelos curtos, espessos e um pouco untuosos, que formam um tufo encrespado entre os cornos. A pelagem exibe colorido bruno-escuro, quase preto, com polainas brancas.

Seus cornos, também menores e mais aproximados na base, têm pontas não convergentes, mas ligeiramente encurvadas para trás. A característica mais importante deste bovino é a extraordinária espessura dos ossos do crânio, pelo menos três vezes maior que no boi-doméstico.

Tamanho do gauro

Um grande macho pode medir cerca de 3 m de comprimento, com mais 80 cm de cauda. Sua altura no garrote pode ir além de 2 m. A fêmea distingue-se do macho pela pequenez da cabeça, grande finura de pescoço e ausência de bossa dorsal.

Peso do gauro

Os gauros pesam, em média, 1000 quilos (no caso das fêmeas) e 1500 quilos (no caso dos machos).

tamanho-e-peso-do-gauro

Habitat natural

O gauro habita as regiões montanhosas, entre 800 e 1.800 m de altitude, sendo encontrado nas zonas pedregosas, nas florestas de grandes árvores e nos platôs ervosos. Alimenta-se ao alvorecer e ao crepúsculo e repousa durante o dia, ruminando escondido nas ervas altas ou nos bosques de bambus.

Ao norte de seu habitat, o gauro forma hordas de 5 ou 6 cabeças; ao sul, os rebanhos são mais numerosos e atingem 20 cabeças, por vezes mais. São sempre comandados por um velho macho que só tolera a presença de touros muito jovens e muito fracos para lhe disputarem a supremacia.

gauro-bovino-selvagem

Os gauros estão sujeitos às mesmas doenças que os bovinos domésticos da Índia, doenças que contraem quando atravessam os prados em que estiverem pastando bois ou vacas contaminados.

Período de reprodução do gauro

A época do cio provoca furiosos combates entre os machos, quando os mais velhos afastam os jovens dos rebanhos. Estes, em seguida, contra-atacam todos juntos e afastam por sua vez os velhos touros. Os filhotes nascem em agosto ou setembro, quando as chuvas torrenciais da monção reverdecem as pastagens de erva tenra.

Quando está prestes a parir, a gauro fêmea isola-se do rebanho e fica sozinha durante três ou quatro dias até que seu filhote esteja bastante forte para seguir os adultos. Os recém-nascidos assemelham-se aos bezerros domésticos: ruivos, têm membros acinzentados que, depois, mudam para branco.

Gauro – o gigante Bisão Indiano

Continue aprendendo com CIÊNCIAS RESUMOS

Gostou desse resumo sobre o gauro? Compartilhe!