Baleia – Misticetos – Espécies de baleias, Alimentação – Tudo sobre baleias

baleias

A subordem dos misticetos compreende uma série de cetáceos, entre os quais se encontram as espécies de baleias. Nesse artigo aprenderemos sobre as espécies de baleias e tudo sobre o maior mamífero do mundo.

Características dos misticetos

Os misticetos se distinguem pela ausência total de dentes e a presença, de cada lado do maxilar superior, de lâminas córneas chamadas barbatanas, que são prolongamentos das plicaturas do palato, comuns em todos os mamíferos.

Estas barbatanas, que podem chegar a 400 de cada lado da boca, têm uma seção triangular ou quadrada e mostram-se mais longas e cerradas, com os bordos franjados, na parte central do maxilar.

barbatanas-das-baleias

Quando a baleia fecha a boca, o maxilar superior se encaixa no maxilar inferior retendo as presas minúsculas. Os maxilares encurvados em forma de arco e alongados como bicos são enormes em relação à caixa craniana, e a língua, muito volumosa, adere completamente à cavidade bucal ficando, por conseguinte, imóvel.

Os Misticetos apresentam um porte avantajado, atingindo no máximo 33 m de comprimento, com um peso variável de 20 a 130 toneladas. Constituem, portanto, os maiores animais da fauna atual da Terra, e, segundo nossos conhecimentos, os maiores de qualquer época.

Tímidos e medrosos, os Misticetos fogem ao menor sinal de perigo. Quando atacados, defendem-se energicamente, servindo-se de sua única arma: a cauda. Levam vida solitária e não se reúnem em bandos, senão quando atraídos por uma alimentação muito abundante.

As baleias

Os Balenídeos, família que compreende 3 gêneros: Balaena, Cubalaena e Neobalaena – é a das espécies de baleias propriamente ditas e apresenta como principais características:

  • ausência de afeta dorsal;
  • ausência de sulcos guturais e ventrais, que se observam nas duas ou três famílias de misticetos;
  • maxilar superior acentuadamente côncavo;
  • barbatanas muito longas e muito estreitas;
  • vértebras cervicais soldadas;
  • e o fato de os maxilares, superior e inferior, nunca entrarem em contato.

Espécies de baleias

Existem várias espécies de baleias no oceano, as quais podemos destacar:

A baleia orca

A baleia orca (Orcimis orca) é uma das espécies de baleia mais conhecidas. Pode atingir 9.50 m de comprimento, mas, em geral, não passa de 5 a 6 m. Este Cetáceo, célebre por sua ferocidade, é facilmente reconhecido pela nadadeira dorsal muito alta, que chega a atingir 2 m nos adultos. Seu corpo fusiforme apresenta-se extraordinariamente robusto.

baleia-orca

Os dentes, acerados e muito resistentes, em número de 20 a 24 em cada maxilar, constituem armas formidáveis. A pele, perfeitamente lisa e brilhante, tem na parte superior do corpo a coloração negra, marcada por algumas manchas brancas. As duas cores não se repartem do mesmo modo em todos os indivíduos, embora estejam sempre nitidamente separadas. Há geralmente uma mancha branca, oval, atrás do olho. A baleia orca, onívora, tem notável resistência às diferenças de temperatura, vivendo em todos os oceanos.

Animal sociável, caça em bandos que vão de 3 a 50 indivíduos, e desloca-se comumente a uma velocidade de 10 a 13 km/h, podendo em caso de necessidade atingir 37 km/h, além de ser frequente saltar cerca de 12 metros de distância a uma altura de 1,50 m.

Curiosidades sobre a baleia orca

Caça não somente os pequenos peixes mas, igualmente, os gigantes do mar, porque é indiscutivelmente o mais voraz e o mais feróz de todos os Cetáceos e, talvez, de todos os animais aquáticos. Já se extraíram até 24 focas do estômago de uma baleia orca e, no de um macho de 6 m, encontraram-se 13 marsuinos e 14 focas.

Baleia boreal

A baleia-boreal ou baleia-franca (Balaena mysticetus) é uma espécie de baleia que mede em média de 15 a 20 m de comprimento e sua cauda pode atingir de 6 a 8 m de largura. A cabeça representa cerca de um terço do comprimento total e a boca atinge de 5 a 6 m de comprimento e 2,50 m de largura.

baleia-boreal

Comparada aos balenópteros a baleia parece extremamente maciça, com o corpo retaco, arredondado, intumescido no alto da cabeça, onde desembocam as ventas, como fendas estreitas, de 45 cm de comprimento, situadas a cerca de 3 m da extremidade do focinho.

Os olhos, ligeiramente maiores que os de uma morsa, localizam-se na articulação do maxilar inferior, e as orelhas, cujo conduto auditivo externo tem o diâmetro de um lápis, ficam um pouco recuadas.

As barbatanas, em número de 300 a 360 em cada lado da boca, podem medir 4 m de comprimento e pesar 3,5 kg. A língua é enorme e mole e os lábios inferiores mostram-se tão longos quanto a cabeça, podendo atingir 2 m de espessura.

Pele

À pele é totalmente nua, e a epiderme, relativamente fina, flexível e resistente, tem a consistência de um couro oleado, recobrindo uma camada de gordura de 20 a 45 cm de espessura.

A cor geral mostra-se negra com uma mancha branca na altura do queixo e uma faixa branca paralela à ligação da cauda. Geralmente mais volumosas que os machos, as fêmeas têm mamas claras com o tamanho aproximado de um úbere de vaca.

Curiosidades da baleia boreal

Como o nome indica, a baleia boreal vive nos mares que cercam o polo norte. Desaparecida do Atlântico e do Pacífico, é ainda encontrada a oeste do Canadá, apesar de estar em via de extinção. Poucos já ouviram sua voz, mas está provado que emite sons. Dorme flutuando e, normalmente, respira de 15 em 15 minutos.

A gestação dura cerca de 1 ano e o filhote é aleitado por igual período. Uma baleia adulta fornece cerca de 12 a 15.000 litros de óleo e 700 a 1.000 kg de barbatanas, de que se faziam espartilhos. Numerosos parasitas se acumulam em seu dorso, especialmente os crustáceos chamados “piolhos-de-baleia” e algumas algas.

Baleia rorqual

baleia-rorqual

Os balenópteros ou rorquais distinguem-se das espécies de baleias propriamente ditas pela presença de profundos sulcos longitudinais em sua garganta, peito e uma parte do abdome, e por apresentarem uma cabeça menos volumosa e o corpo menos maciço, provido de uma aleta dorsal.

Sem ter o maxilar superior arqueado, apresentam menor altura da cavidade bucal e barbatanas mais curtas e mais largas. A família compreende 3 gêneros e 6 espécies.

Baleia de bico

A baleia de bico comum (Hyperoodon ampullatus) passa o verão no Atlântico norte. O macho adulto mede 9 m de comprimento e a fêmea 7,5 m. O aspecto geral lembra, em tamanho muito maior, o golfinho, com um melão muito pronunciado e um bico bem desenvolvido.

baleia-de-bico-saltando

Os machos jovens têm. geralmente. 2 dentes no maxilar inferior, o que não ocorre com os mais velhos. As fêmeas têm 2 dentes menos desenvolvidos. A baleia-de-bico pode saltar fora da água como um golfinho.

Quando mergulha, muitas vezes a grande profundidade para procurar alimento, fica geralmente de 10 a 20 minutos sob a água, mas esse mergulho pode prolongar-se por várias horas, quando arpoada, o que pode dar uma ideia de sua capacidade de retenção de ar.

Animal gregário, vive em grupos de 4 a 12 indivíduos, e quando um deles é ferido os outros não o abandonam. Um macho de 9 m pode fornecer 2 toneladas de óleo e 100 kg de espermacete, mas, apesar disso, caçam-no muito pouco.

Gostou desse artigo? Compartilhe!